Cotidiano / Economia

Auxílio Emergencial: prazo para contestar benefício negado termina na sexta-feira

Moradores que tiveram a negativa do benefício podem recorrer até dia 28 de maio

Mariane Chianezi Publicado em 26/05/2021, às 15h40

None
Divulgação

O morador que teve o auxílio emergencial negado pode contestar até esta sexta-feira (28). Para o público do programa Bolsa Família, o prazo para contestação será até o dia 1º de junho.

Se a razão que motivou o cancelamento do auxílio permitir contestação, o registro será reanalisado pela Dataprev e o cidadão poderá voltar a receber, caso aprovado.

Para verificar a possibilidade de retomar o pagamento do benefício, o cidadão deverá entrar no site do Ministério da Cidadania e verificar se há parcela com a situação cancelada.

Veja o passo a passo abaixo:

1-O beneficiário deve acessar o site do Ministério da Cidadania e inserir os dados do CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento e verificar se há parcelas com a situação “cancelada”;

2-Clicar no ícone “i” para obter mais informações sobre a parcela cancelada;

3-Depois clicar no botão “Contestar”;

4-Após clicar em “Contestar”, o sistema analisará se o motivo do cancelamento permite apresentar contestação. Se positivo, aparecerá a mensagem: “Contestação da parcela cadastrada com sucesso”;

5 – Após cadastrar a contestação, o cidadão deverá aguardar até que seja realizada uma nova análise da situação do benefício. Se o pagamento for retomado, a situação da parcela será alterada de “cancelada” para “liberada”.

Jornal Midiamax