Cotidiano / Economia

Auxílio emergencial: governo antecipa 4ª parcela; confira o calendário

Assim, depósitos começam no próximo sábado aos nascidos em julho

Gabriel Maymone Publicado em 15/07/2021, às 09h12

Governo antecipa calendário de pagamentos da 4ª parcela
Governo antecipa calendário de pagamentos da 4ª parcela - Divulgação

O governo federal anunciou a antecipação do calendário de pagamentos da 4ª parcela do Auxílio Emergencial 2021 para os trabalhadores que se inscreveram pelos meios digitais e as pessoas que integram o Cadastro Único. A Portaria nº 645, publicada nesta quinta-feira (15), antecipa em seis dias o início dos pagamentos para os nascidos em janeiro. Antes, eles receberiam em 23 de julho, agora terão os depósitos nas contas digitais neste sábado (17).

O cronograma de transferências continua no domingo (18) para quem nasceu em fevereiro, antecipando em uma semana os créditos na conta desse público. Os pagamentos são retomados na terça-feira (20) e seguem diariamente até o fim de julho, com exceção da segunda-feira (26).

A mudança mais significativa será para os nascidos em dezembro, que passam a ter direito à quarta parcela ainda em julho, no dia 30. Antes, quem nasceu no último mês do ano receberia em 22 de agosto, um adiantamento de 23 dias.

O calendário de saques também foi antecipado. Originalmente, os trabalhadores nascidos em janeiro poderiam sacar a quarta parcela do Auxílio Emergencial 2021 a partir do dia 13 de agosto. Agora, eles terão essa possibilidade no dia 2 do próximo mês. O cronograma de saques vai até 18 de agosto para os aniversariantes de dezembro, uma antecipação de 22 dias.

Vale ressaltar que o cronograma de saques da terceira parcela do Auxílio Emergencial 2021 está em andamento. Nesta quinta-feira (15), quem nasceu em outubro poderá retirar o dinheiro do benefício. No dia seguinte, será a vez dos aniversariantes de novembro. Na segunda-feira (19), o calendário é concluído com os nascidos no último mês do ano.

O modelo de escalonamento das transferências e saques, adotado no ano passado, segue sendo executado em 2021, com o objetivo de evitar filas e aglomerações nas agências da Caixa Econômica Federal e nas lotéricas.

Para o público do Auxílio Emergencial 2021 incluído no Bolsa Família, nada muda. Os repasses continuarão sendo feitos de acordo com o calendário habitual do programa. Em julho, o início dos repasses será na próxima segunda-feira (19) para quem tem Número de Identificação Social (NIS) com final 1.

Jornal Midiamax