Cotidiano / Economia

Auxílio Emergencial: aprovado novo pagamento de R$ 3 mil para dezembro; veja quem recebe

Grupo receberá valor referente às cinco parcelas iniciais do programa de ajuda do governo federal

Gabriel Maymone Publicado em 09/12/2021, às 08h01

Auxílio Emergencial
Auxílio Emergencial - Divulgação

A Comissão Mista de Orçamento da Câmara dos Deputados aprovou esta semana projetos de Lei do Congresso Nacional, chamados PLNs, com objetivo de liberar créditos de R$ 3,8 bilhões para o Orçamento do governo ainda em 2021.

Dentre as matérias aprovadas está o PLN 43/21, que garante R$ 2,8 bilhões para o Ministério da Cidadania destinar o Auxílio Emergencial a pais solteiros.

Dessa forma, a expectativa é que neste mês, o governo realize o pagamento de parcela suplementar aos homens que são chefes de família e cuidam do lar e dos filhos sem um cônjuge.

Então, pais solteiros vão receber R$ 3 mil referente ao pagamento das 5 parcelas iniciais do Auxílio Emergencial de 2020. A estimativa é que cerca de 940 mil pais de família irão receber a cota extra em dezembro.

A prioridade de pagamento deve ser cidadãos que não estejam no Bolsa Família nem no CadÚnico (Cadastro Único do Governo Federal).

Auxílio Emergencial

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federalpara atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a rodada de pagamentos teve sete parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, receberam R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebeu R$ 375; e pessoas que moram sozinhas, R$ 150.

Jornal Midiamax