Cotidiano / Economia

Governo apresenta projeto Ferrovia TransAmericana para atrair oportunidades

Ministro do Itamaraty estará presente

Tatiana Marin Publicado em 18/12/2017, às 21h26

None

Ministro do Itamaraty estará presente

A ligação econômica entre Brasil e Bolívia através de estradas de ferro é estratégica para empresas que se interessam pela ligação entre os portos do oceano Pacífico e o oceano Atlântico. Com isso, o Governo do Estado apresenta, nesta terça-feira (19) o andamento do projeto da Ferrovia TransAmericana, que passa por Mato Grosso do Sul.

O objetivo da apresentação, que será conduzida pelo coordenador projeto Daniel Rossi, é divulgar as oportunidades de fortalecimento e desenvolvimento socioeconômico. O evento vai acontecer no auditório da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e vai contar com a presença do ministro do Itamaraty, João Carlos Parkinson de Castro.

A estrutura ferroviária é importante para diversas empresas, que formaram um consórcio e tem interesse em operar a malha após o término do contrato com a Rumo ALL.

“O que queremos é fazer um nivelamento de informações sobre o andamento da ferrovia entre governo, prefeitos, imprensa e a sociedade, pois esse projeto trata benefícios socioeconômicos para o Estado a longo prazo”,  destaca o secretário da pasta, Jaime Verruck, ao afirmar que a ferrovia é eixo estruturante do desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.

Governo apresenta projeto Ferrovia TransAmericana para atrair oportunidades

O projeto da Ferrovia TransAmericana se trata de um consórcio de empresas privadas formado pela Rumo – Malha Oeste, Ferroviária Oriental (Bolívia), Ferroviária Andina (Bolívia), Transfesa, MP Trade (China/Brasil) e a empresa Hub Intermodal Três Lagoas.

Jornal Midiamax