Cotidiano / Economia

Correios entra no mercado de telefonia móvel e inicia com planos pré-pagos

Serviço será implanto em São Paulo inicialmente

Tatiana Marin Publicado em 18/01/2017, às 20h50

None
correios-operadora-celular.jpg

Serviço será implanto em São Paulo inicialmente

Em fevereiro entra em operação a telefonia móvel dos Correios, que, em primeira fase, terá São Paulo como projeto piloto. O lançamento do novo serviço da estatal será gradual, com implantações subsequentes em Belo Horizonte e Brasília. Segundo os Correios, a meta é alcançar todos o Brasil até o final do ano.

O serviço será oferecido através de parceria estabelecida com a EuTV, que é uma prestadora de SMP (Serviço Móvel Pessoal), autorizada pela Anatel (Agência nacional de Telecomunicações). A empresa será responsável pela infraestrutura de suporte às telecomunicações.

Conforme anunciado, o objetivo da estatal é oferecer serviços simples, práticos e prestados com transparência”. A intenção é que os pacotes estejam entre os mais baratos do mercado. O nome cotado para marca é Correios Celular.

“Há um número enorme de brasileiros que ainda não utilizam telefonia móvel e um número ainda maior de usuários que querem algo mais de suas operadoras. Queremos ser uma boa opção para esses públicos, nos valendo de nossa vasta capilaridade e da confiança que o brasileiro tem nos Correios”, afirma o presidente da estatal, Guilherme Campos.

No primeiro ano de implantação serão vendidos chips e recargas de um plano pré-pago. Apenas em 2018 serão iniciados estudos para definir a viabilidade da oferta de planos pós-pagos.

Como toda a infraestrutura de telecomunicações utilizada será de responsabilidade da EuTV, a estatal não fará investimentos para atuar como operadora de telefonia. A estrutura das agências e redes corporativas de dados já instaladas nos Correios, bem como os empregados já contratados, serão aproveitados.

EuTV

A empresa venceu a Claro na licitação que definiu a parceira dos Correios para oferecer  serviço de telefonia móvel. Conforme publicado na época da conclusão da licitação, a Claro foi desclassificada porque apresentou, na proposta comercial, uma série de condicionantes que não eram permitidas pelo edital. O contrato entre os Correios e a EuTV foi assinado em 30 de maio de 2016.

A EuTV, que atua no mercado com a marca Surf Telecom, recebeu autorização da Anatel para prestar serviços móveis em setembro de 2015. A empresa tem condições ser competitiva no setor pois beneficia-se das assimetrias regulatórias, que a Anatel concede a empresas que não possuem poder de mercado significativo. Com isso, a empresa conta com uma estrutura de custos inferior a de seus concorrentes.

Jornal Midiamax