Cotidiano / Economia

Confirmado leilão de energia que pode trazer 20 usinas fotovoltaicas para MS

Certame acontecerá na próxima segunda-feira

Tatiana Marin Publicado em 15/12/2017, às 21h55

None

Certame acontecerá na próxima segunda-feira

A data do Leilão de Energia Nova “A-4” foi confirmada para segunda-feira (18), em São Paulo, às 9h do horário local, pela CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica). O certame pode trazer 20 usinas fotovoltaicas para Mato Grosso do Sul.

Pelo leilão, serão negociados Contratos de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado – CCEAR. Além de energia solar, as negociações serão voltadas para outras fontes renováveis, como eólica, biomassa e pequenas centrais hidrelétricas.

Segundo informações da EPE (Empresa de Pesquisa Energética), que organiza o leilão, 31 projetos estão cadastrados para o Mato Grosso do Sul na modalidade “A-4”. Sendo 21 projetos de usinas fotovoltaicas, 1 projeto de pequena central hidrelétrica e 9 projetos de termelétrica a biomassa. No total são mais de 1640 mW de oferta energética.

Confirmado leilão de energia que pode trazer 20 usinas fotovoltaicas para MS

Em todo o Brasil, foram cadastrados 1.676 projetos em 21 estados, incluindo o Mato Grosso do Sul, junto EPE. Os projetos totalizam potência instalada de 47.965 mW. 

Usinas fotovoltaicas no MS

De acordo com informações do Governo do Estado, uma das empresas cadastradas para participar do Leilão de Energia Nova “A-4” é a espanhola Solatio Energia Project Management, que, se tiver bom desempenho no certame, irá investir R$ 7,5 bilhões  no Estado.

O projeto da Solatio prevê 13 usinas em Cassilândia, com capacidade de geração de 800 mW e outras 7 em Paranaíba, com potencial de gerar outros 400 mW. No total, são 3700 hectares de terra com placas fotovoltaicas. A previsão é de que sejam gerados 1,5 mil empregos na etapa de implantação e 450 na fase de operação.

Jornal Midiamax