Cotidiano / Economia

Sul-mato-grossenses tiveram a 11º maior renda mensal do país em 2015

Segundo IBGE valor foi de R$ 1.045

Kemila Pellin Publicado em 26/02/2016, às 19h02

None
images.jpg

Segundo IBGE valor foi de R$ 1.045

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), os sul-mato-grossenses tiveram a 11º maior renda per capita média do Brasil em 2015, de R$ 1.045. A média nacional foi de R$ 1.113, variando de R$ 509 no Maranhão para R$ 2.252 em Brasília.

Das 27 unidades federativa, apenas seis estados estão acima da média nacional, sendo elas São Brasília, São Paulo (R$ 1.482; Rio Grande do Sul (R$ 1.435); Santa Catarina (R$ 1.368); Rio de Janeiro (R$ 1.285); Paraná (R$ 1.241); e a Bahia (R$ 1.128). E dez estados tiveram rendimento menor do que o salário mínino, que na época era de R$ 788.

As estimativas de rendimento nominal domiciliar per capita são decorrentes da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) e foram divulgadas nesta sexta-feira (26) pelo IBGE. Os números mostram uma avanço em relação a 2014, quando a média nacional era de R$ 1.052.

O resultado da pesquisa será encaminhado ao Tribunal de Contas da União e servirão de base para o rateio do FPE (Fundo de Participação dos Estados), conforme definido pela Lei Complementar nº 143, de julho de 2013.

Jornal Midiamax