Cotidiano / Economia

Novas tecnologias e soluções para agronegócio são apresentadas a produtores na Showtec

Pesquisadores orientam sobre manejo de pragas

Midiamax Publicado em 21/01/2016, às 22h07

None
simulador_showtec.jpg

Pesquisadores orientam sobre manejo de pragas

Com o tema ‘Tecnologia é o nosso negócio’, começou ontem (20) e vai até amanhã (22) a 20ª edição do Showtec, que acontece em Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande. O evento conta com palestras, pesquisas e lançamentos de novas tecnologias para o agronegócio.

A cerimônia de abertura teve a presença de várias autoridades do Estado, dentre eles, a governadora em exercício, Rose Modesto, os chefes gerais da Embrapa, secretário de Estado de Governo, Eduardo Riedel; secretário de Estado de Produção e Agricultura Familiar, Fernando Lamas.

Destinado aos produtores e empreendedores rurais, técnicos agrícolas, acadêmicos, entre outros, o Showtec é uma feira anual realizada pela Fundação MS e tem como principais promotores o Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Sistema OCB/MS (Organização das Cooperativas Brasileiras) e Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul).

Durante palestra “Manejo Integrado de Doenças Fúngicas na Soja”, o pesquisador Rodrigo Valeriano, engenheiro agrônomo, mestre em Fitopatologia pela Universidade Federal de Lavras e pesquisador da Dow AgroSciences, orientou os participantes sobre as principais pragas que atacam a cultura, como ferrugem asiática, mancha alvo, mancha púrpura, antraquinose, mofo branco e tombamento e morte em reboleira.

O Senar/MS (Serviço de Aprendizagem Rural), uma das entidades que compõe o Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) apresentou um simulador de agricultura de precisão que despertou a curiosidade de quem esteve na feira.

A empresa alemã Basf lançou a primeira soja geneticamente modificada totalmente desenvolvida no Brasil. O Sistema de produção 'Cultivance' facilita o manejo de diversas plantas daninhas, inclusive as de difícil controle. O método combina cultivares de soja geneticamente modificadas e adaptadas a regiões diferentes, já estará disponível para comercialização em 2017.

A 20ª edição deste ano espera bater um novo recorde de público, segundo organizadores. Em 2015, 15,6 mil pessoas passaram pela feira que teve mais de 120 empresas expositoras.

Jornal Midiamax