Cotidiano / Economia

Agronegócio deve ser único setor a crescer nas projeções do PIB

Previsões do mercado são mais pessimistas que do setor público

Joaquim Padilha Publicado em 04/04/2016, às 14h31

None
agricultura.jpg

Previsões do mercado são mais pessimistas que do setor público

As projeções do mercado sobre o PIB (Produto Interno Bruto) de 2016 não são positivas para quase nenhum setor, a não ser a agricultura. O agronegócio deve esperar um crescimento de 1,59% no total de recursos e bens produzidos, segundo as previsões do Relatório do Mercado Focus, divulgados hoje (4) pelo Banco Central. O relatório também aponta que o setor crescerá 2% em 2017.

Os setores que registrarão a maior queda no ano junto às projeçõs do PIB serão a atividade doméstica (3,73%) e a indústria (5,06%). Mesmo no próximo ano, o setor industrial deve operar em recessão de 1,5%, segundo o boletim. Já o setor de serviços sofrerá uma retração de 2,74% em 2016, e provavelmente se estabilizará em 2017. 

As previsões dos profissionais do mercado são piores do que as mais pessimistas do setor público, mesmo após uma revisão geral dos indicadores pelo Banco Central. O BC acreditava a princípio que o PIB sofreria uma retração de 1,9%, o que num segundo relatório subiu para 3,5%. As previsões da Focus encontram-se em retração de 3,73%, depois de uma previsão de 3,66%.

Para 2017, o boletim acredita que haverá um crescimento do Produto Interno Bruto. Esse crescimento estava em 0,5% há quatro semanas, e hoje encontra-se em 0,3%, segundo as previsões revisadas.

Jornal Midiamax