Cotidiano / Economia

Uso de tecnologia em áreas de pastagens garante aumento da produtividade do gado leiteiro

Brasil produziu 34,2 bilhões de litros de leite em 2013

Clayton Neves Publicado em 11/02/2015, às 18h20

None
santo_afonso_gadoleiteiro.jpg

Brasil produziu 34,2 bilhões de litros de leite em 2013

Considerado um dos maiores produtores de leite do mundo, o Brasil produziu 34,2 bilhões de litros de leite em 2013, de acordo com levantamento feito pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Diante da força desse mercado, os produtores do segmento investem constantemente em soluções capazes de aumentar a qualidade da bebida e  a produtividade diária dos animais. Um dos exemplos de técnicas adotadas é a implementação do capim do tipo tifton nas áreas de pastagens, divididas em piquetes, que, por possuir alto nível nutricional, garante o aumento da produção do leite.

No entanto, essas pastagens exigem alguns cuidados especiais para que cresçam fortes e saudáveis, pois os animais se alimentam apenas das extremidades macias das folhas. Nesse sentido, a Husqvarna, multinacional sueca líder em equipamentos para o manejo de áreas verdes, apresenta os Tratores LT1597 e LTH1842 para auxílio durante os cuidados com o pasto.

“É muito comum encontrarmos produtores que apostam na divisão da pastagem em pequenas áreas, assim os animais ficam em cada espaço por aproximadamente dois ou três dias. Cada vez que os animais saem de uma área para outra, o produtor precisa realizar a manutenção do espaço, com o corte, fertilização e irrigação. A intenção é que o capim cresça novamente de forma saudável. Ao utilizar o Trator Husqvarna, é possível realizar o corte de forma uniforme, como se fosse usada uma tesoura. Além disso, o equipamento possui um compartimento capaz de armazenar o capim cortado, que pode ser misturado a um composto proteinado e servido como ração”, explica Paulo Figueiredo, consultor técnico de produtos da Husqvarna.

O uso de equipamentos para a manutenção das pastagens interfere diretamente na produtividade do gado leiteiro. A técnica proporciona uma brotação mais rápida, o que garante alimento de qualidade em um curto espaço de tempo. O resultado desse processo é o crescimento da produção. “Já identificamos casos de produtores que adotaram a técnica e registraram um aumento da produtividade de 8 a 10 litros/dia para 11 a 13 litros/dia, por animal”, pontua o especialista da Husqvarna.

Jornal Midiamax