Cotidiano / Economia

Produção de carnes fica estável em MS

Diminuição na produção bovina é explicação para resultado

Midiamax Publicado em 21/09/2015, às 22h19

None
producao_carnes.jpg

Diminuição na produção bovina é explicação para resultado

A produção de carne bovina diminuiu em 2014, segundo relatório da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), referente aos dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado fez com que a produção de carnes caísse 0,15% no Estado.

Os números do Infoagro 2015, balanço anual do agronegócio sul-mato-grossense, mostram que a produção bovina passou de 994,5 mil toneladas em 2013 para 965,4 mil toneladas em 2014, ou seja, uma baixa de 29,1 mil toneladas. Esse resultado pode ser explicado na redução do rebanho bovino do Estado, que em 2013 era de 21,05 milhões de cabeças, 2,1% a menos que em 2012, quando haviam 21,50 milhões de cabeças. Estudo realizado pela Famasul neste ano também demonstrou que o número de frigoríficos caiu 12% em apenas três anos no Mato Grosso do Sul. Em 2012, o Estado tinha 25 indústrias frigoríficas ativas, este 2015 o parque industrial tem 22 frigoríficos em operação.

Já, a produção de carnes suína e de frango registram recordes no Estado em 2014. A produção de carne de frango passou de 373,6 mil toneladas em 2013 para 392,54 mil toneladas em 2014, uma alta de 5,1%. A produção de carne suína cresceu 7,3% no período, chegando a 115,3 mil toneladas. 

Jornal Midiamax