Dólar tem maior queda diária em mais de três meses e fecha em R$ 3,16

Apesar da queda nesta sexta-feira, a moeda norte-americana acumula alta de 1,68% em julho
| 11/07/2015
- 02:08
Dólar tem maior queda diária em mais de três meses e fecha em R$ 3,16

Apesar da queda nesta sexta-feira, a moeda norte-americana acumula alta de 1,68% em julho

Depois de dias seguidos de fortes altas, o dólar teve a maior queda diária em mais de três meses e voltou a ser vendido abaixo de R$ 3,20. O dólar comercial caiu R$ 0,073 (2,24%) e fechou a semana vendido a R$ 3,161.

Apesar da queda nesta sexta-feira (10), a moeda norte-americana acumula alta de 1,68% em julho. Em 2015, a valorização acumulada chega a 18,9%.

A perspectiva de um acordo entre a Grécia e os credores internacionais contribuiu para desfazer a instabilidade dos últimos dias nos mercados financeiros.

Ontem (9), no fim do dia, o governo grego entregou a proposta de acordo, com concessões aos credores em vários pontos, como aumento da idade mínima para aposentadoria e alta de impostos para empresas.

O documento será analisado amanhã (11) pelos ministros de Finanças do Eurogrupo – países que adotam a moeda única.

A recuperação do mercado de ações da China também fez o dólar cair em todo o planeta. A Bolsa de Valores de Xangai subiu pelo segundo dia seguido, após o governo chinês anunciar medidas para conter a especulação financeira. Entre elas, estão a compra de ações de empresas pelo governo e a proibição de que grandes detentores de ações atuem no mercado por seis meses.

 

Veja também

Das 189.220 famílias endividadas em julho, 27,4% têm contas em atraso e 11,5% não terão condições de pagar o que devem

Últimas notícias