Cotidiano / Economia

Com índice menor de 17%, famílias campo-grandenses têm menos dívidas

Índice é menor que há um ano atrás  

Thatiana Melo Publicado em 02/10/2015, às 13h58

None
comercio_2.jpg

Índice é menor que há um ano atrás

Pesquisa divulgada pela CNC (Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo) revelou que as famílias campo-grandenses estão menos endividadas que há um ano atrás. Dados mostram que em setembro 58,3% das famílias tinham dívidas, principalmente, em cartões de crédito contra 70% no mesmo período do ano passado.

Os dados ainda revelam que 13,7% das famílias estão muito endividadas, contra 27,3% mais ou menos endividadas e 17,3% pouco endividadas. Os entrevistados afirmaram que o maior vilão para as dívidas ainda é o cartão de crédito, com 76,3%, os carnês de lojas vem em seguida com 27,2% e financiamento de veículos ocupa a terceira posição com 19,2%.

A pesquisa também revela que 47,7% das famílias campo-grandenses estão com as contas em atraso contra 52,3% que afirmaram estar em dia com os pagamentos. O comprometimento da renda para estas famílias com o pagamento das dívidas é de 26,1%, para quem tem mais de 50% da renda comprometida e 62,3% para quem está com endividamento de 11% até 50% da renda.

E destes dados, 13,1% dos entrevistados afirmaram que vão conseguir pagar as contas contra 29,5% que alegam só conseguirem pagar parcialmente as dívidas.

Jornal Midiamax