Cotidiano / Economia

Com dólar alto, produtores já venderam 40% da safra de soja que ainda está no campo

Preço da saca está sendo negociado em média a R$ 73 no Estado

Midiamax Publicado em 05/11/2015, às 20h40

None
soja.jpg

Preço da saca está sendo negociado em média a R$ 73 no Estado

Os produtores de soja estão aproveitando a alta do dólar para fazer a venda antecipada do grão em Mato Grosso do Sul. Cerca de 40% das 8 milhões de toneladas esperadas para a safra 2015/16 já foi negociada, segundo a economista da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Adriana Mascarenhas.

A saca de soja, de 60 quilos, era vendida a R$ 52 em janeiro deste ano. Na terça-feira (3), a saca do grão foi negociada a R$ 73, um aumento de 40%, ou seja, quase 20 reais em 11 meses. A valorização do grão foi resposta ao aumento da cotação do dólar, que influencia os custos da produção. Vale ressaltar, que em mesmo período, o câmbio subiu também 40%, passando de R$ 2,69 a R$ 3,79.Com dólar alto, produtores já venderam 40% da safra de soja que ainda está no campo

Com a valorização do grão no mercado, os produtores aproveitam para negociar até o que não plantaram. “É um momento de instabilidade econômica. É o momento de negociar. Se está tendo margem, se cobre os custos com a produção tem que negociar”, afirma Adriana.

A economista ressaltou que vender tudo não é a estratégia mais viável, mas que os produtores também não podem esperar por uma melhora no valor da saca. “Guardar apostando em um câmbio mais alto para o ano que vem é perigoso. Ninguém afirma como estará o ano que vem. Será que estará maior? Não temos essa resposta”, destaca.

Mesma opinião tem o secretário estadual de Produção e Agricultura Familiar, Fernando Lamas. “O produtor não deve vender tudo, e nem ficar na expectativa de que o mercado vai melhorar. O dólar está em alta, mas assim como ele (dólar) pode aumentar, também pode não acontecer”, disse ele.

Plantio do grão

Relatório divulgado na quarta-feira (04) pelo SIGA (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) informou que o plantio da soja já alcançou uma área de 65,5% em Mato Grosso do Sul. Enquanto na região sudoeste/sudeste a porcentagem de plantio atingiu 77,4%, na região centro/norte a estimativa é de 35,7%. 

Jornal Midiamax