Cotidiano / Economia

Airbus lança classe supereconômica com assentos mais estreitos

Com a mudança, avião com 525 lugares ganharia 30 assentos extras

Midiamax Publicado em 19/04/2015, às 22h16

None
004airbus.jpg

Com a mudança, avião com 525 lugares ganharia 30 assentos extras

Para baratear passagens, a Airbus anunciou na semana passada a criação de uma classe supereconômica em seus aviões A380. O local mais barato da aeronave ficaria no meio, onde, em vez das habituais quatro poltronas, passaria a haver cinco. 

A multiplicação dos assentos e a consequente redução no preço da tarifa seria possível com o estreitamento das poltronas do meio. Com a mudança, o avião, que é o maior do mundo, com 525 lugares, ganharia 30 assentos extras.

A empresa garante que o estreitamento não afetará o conforto do passageiro. A Airbus apontou que a mudança se inclui entre “as últimas inovações de cabine e tendências”.

Enquete sobre viajar em pé no avião

Em 2009, a companhia aérea irlandesa de baixo custo Ryanair chegou a lançar uma enquete online na qual perguntou aos seus clientes se, para obter uma passagem de graça ou um grande desconto, estariam dispostos a viajar em pé em trajetos curtos. Segundo a companhia, a pesquisa tenta submeter a exame sua mais recente e polêmica iniciativa, um projeto que modificaria a parte traseira dos aviões para instalar uma série de “assentos verticais”, semelhantes aos assentos de um balcão de bar. 

O diretor de comunicações da Ryanair, Stephen McNamara, lembrou hoje que os usuários de “trens, ônibus e metrôs permanecem de pé durante horas todos os dias e pagam a mesma tarifa que aqueles que vão sentados”. 

Jornal Midiamax