Cotidiano / Economia

Projeto visa deduzir do Imposto de Renda os gastos com cuidadores domiciliares de idosos

Gastos com cuidadores domiciliares de idosos poderão ser deduzidos do Imposto de Renda. É o que prevê projeto do senador Waldemir Moka (PMDB-MS) aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado. O PLS 57/14 inclui os cuidadores de idosos, profissão já reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego, na lei que já permite isenção aos […]

Arquivo Publicado em 16/04/2014, às 20h15

None

Gastos com cuidadores domiciliares de idosos poderão ser deduzidos do Imposto de Renda. É o que prevê projeto do senador Waldemir Moka (PMDB-MS) aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado.

O PLS 57/14 inclui os cuidadores de idosos, profissão já reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego, na lei que já permite isenção aos pagamentos feitos a médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais. “A população brasileira vem assumindo as tarefas do Estado e nada mais justo do que compensar custos financeiros que as famílias estão tendo”, disse Moka, por meio de sua assessoria.

O senador, que é médico e presidente da Comissão de Assuntos Sociais, é também autor do projeto que regulamenta a profissão de cuidador da pessoa idosa, aprovado no Senado e em tramitação na Câmara. O projeto 57/14 agora segue para a Comissão de Assuntos Econômicos, onde será votado em decisão terminativa no Senado. Se aprovado, vai direto para a Câmara dos Deputados.

Jornal Midiamax