Poucos campo-grandenses escolheram ir ao centro de Campo Grande neste feriado de Dia de Santo Antônio (13), padroeiro da cidade. O que chama a atenção nas vitrines são os coloridos das roupas e adereços das festas juninas, que prometem movimentar o comércio da Capital, segundo os lojistas.

Quem escolheu passear pelo calçadão da Rua 14 de Julho encontrou poucas lojas abertas, visto que a abertura ficou facultativa após Convenção Coletiva de Trabalho. 

Centro registram pouco movimento neste feriado. (Nathalia Alcântara, Jornal Midiamax)

Uma vendedora, que preferiu não se identificar, explicou que o centro é mais movimentado, geralmente, no período matutino, então a tendência é que o vai e vem de clientes diminua ao longo do dia. 

Já o vendedor ambulante Antônio da Conceição chegou na Rua 14 de Julho às 10h e confessou que só veio porque mora no centro. Ele analisa que o maior fluxo de pessoas circulando na região foi ontem, mas ainda há esperanças para os vendedores no dia de hoje. “Até que está bonzinho, dá para vender alguma coisa ou outra”, afirma.

Festas juninas movimentam comércio

Centro de Campo Grande abastece estoque com trajes juninos. (Nathalia Alcântara, Jornal Midiamax)

Logo após o Dia dos Namorados, comemorado na última quarta-feira (12), as vitrines expõem as ofertas de festas juninas. Roupas e acessórios da moda caipira predominam nas lojas de vestuário e variedades. 

Mariane Rodrigues estava no centro acompanhada da filha Karine, de 11 anos, à procura de um conjunto com saia xadrez nas cores preto e rosa. A vestimenta será utilizada pela criança em uma festa junina para a qual o clube de misses que participam foi convidado. 

A mãe achou tudo caro e pondera que os valores estão ligados a sazonalidade das festas juninas. Se não encontrar a roupa, ela planeja comprar fitas para adaptar um vestido que a filha já tem. “Ainda bem que abriu hoje porque eu trabalho e não tive tempo antes, então foi uma boa oportunidade”, considera. 

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. Acima de tudo, com sigilo garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok.