Produtos de limpeza e higiene têm diferença de 165% entre mercados em Campo Grande

Levantamento foi realizados entre mercados varejistas e atacadistas
| 23/05/2022
- 17:14
mercados
Imagem ilustrativa - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

Uma pesquisa realizada com produtos de limpeza e higiene pessoas mostra variação de de até 165% entre mercados varejistas e atacadistas de Campo Grande. O levantamento foi realizado pelo Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) e divulgada nesta segunda-feira (23).

Conforme o levantamento, a maior variação encontrada em mercados atacadistas foi de 165,10%, sendo do aparelho de depilação Gilette Prestobarba Ultragrip 3 rosa com duas unidades. Este produto é encontrado no Fort Atacadista por R$ 12,99 enquanto no por R$ 4,90.

Nos mercados atacadistas a maior variação encontrada foi de 165,10%,  no caso de  aparelho de depilação Gilette Prestobarba ultragrip 3 rosa com duas unidades. Este produto é encontrado no Fort Atacadista por R$ 12,99 enquanto no Atacadão por R$ 4,90.

A menor variação (0,44%) ficou para o sabonete em barra Rexona, com 84 gramas que é vendido por R$ 2,29 no Atacadão e Morena Atacadista e por R$ 2,28 no Assai. Água sanitária Candura de 1l e limpador multiuso Limpol com 500ml não tiveram variação de um mercado para outro.

Mercados varejistas

Nos mercados varejistas a diferença de preços é próxima à encontrada no atacado. O maior índice foi de 165,03%, também para o aparelho de depilação Presto Barba Ultrgrip rosa 2 unidades.

No Supermercado Duarte foi verificado valor mais alto, ou seja, R$ 11,90 enquanto o mesmo produto pode ser encontrado por R$ 4,49 no supermercado Camila.

Com menor variação (6,58%), o sabão em pó Brilhante embalagem com 800 gramas: o preço mais alto (R$ 11,50) foi verificado no Supermercado Mister Júnior e o menor valor (R$ 10,79) no Supermercado Camila.

O levantamento, realizado entre 9 e 17 de março, verificou 183 produtos comercializados no atacado – 148 foram divulgados – e 189 itens no varejo – 156 foram divulgados.

Para conferir o levantamento completo clique aqui (varejo).

Para conferir o levantamento completo clique aqui (atacadista).

Veja também

Apesar da queda, cesta básica na Capital ainda é a 5ª mais cara do país

Últimas notícias