Procon-MS vai fiscalizar atendimento a pessoas autistas nas sessões de cinema em Campo Grande

Pedido da Defensoria Pública acarretou fiscalização do Procon Estadual
| 07/04/2022
- 18:47
procon uci
Rede UCI (Foto: Divulgação/ UCI)

O (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato Grosso do Sul) vai fiscalizar o atendimento que pessoas portadoras de TEA (Transtorno de Espectro Autista) nas sessões de cinemas de Campo Grande.

A atenção a pessoas com autismo começou quando a Defensoria Pública de MS encaminhou ofício à direção geral do UCI (United Cinemas Internacional Brasil) e ao Cinemark, solicitando informações a respeito de providências no sentido de contemplar essa parcela da população no seguimento de .

Segundo o órgão, a interpelação da Defensoria teve, entre outras motivações, o objetivo de verificar se os cinemas de Campo Grande vêm dando a devida atenção às especificidades dos portadores.

O atendimento a pessoas com TEA não devem carretar hipersensibilidade sensorial, com projeções devidamente adaptadas em cumprimento à legislação estadual.

Fiscalização do Procon

Nesse sentido, cabe a Superintendência receber denúncias e fiscalizar o cumprimento das normas estabelecidas. Assim sendo, as pessoas que se sentirem prejudicadas devido à má prestação de serviços, poderão procurar o órgão.

Os consumidores que se sentirem lesados, devem formalizar sua demanda de modo que o Procon Estadual possa verificar o atendimento e, se necessário, induzir as empresas a melhorar sua relação com os consumidores.

Veja também

Leite está caro para o consumidor e barato demais para quem produz, com a maior parte do lucro ficando nas indústrias de laticínios

Últimas notícias