Cotidiano / Consumidor

Procon de cidade do MS autua Caixa Econômica Federal por longas filas e desrespeito ao consumidor

No auto, é solicitado a disponibilização de tendas e cadeiras para os consumidores do banco

Ranziel Oliveira Publicado em 22/06/2021, às 13h33

Filas na agência do município
Filas na agência do município - (Foto: Divulgação / Prefeitura de Coxim)

O Procon de Coxim autuou a Caixa Econômica Federal e solicitou que sejam tomadas providências, após constatar longas filas do lado externo da agência bancária.

No auto de Infração, é solicitado que sejam tomadas as seguintes providências: disponibilização de tendas e cadeiras no estacionamento da agência e contratação de mais colaboradores para diminuir o tempo de espera em fila.

Conforme a diretora do Procon Géssica Soares, é uma falta de respeito com os consumidores bancários, pois eles ficam vulneráveis e passam muito tempo na fila, ficando expostos ao tempo.

A diretora elenca uma série de diretrizes a serem observadas de acordo com a Lei 8.078/90, sobre proteção do consumidor, em seu artigo 4º, onde se destaca: o respeito à sua dignidade, saúde e segurança, a proteção de seus interesses econômicos, a melhoria da sua qualidade de vida, bem como a transparência e harmonia das relações de consumo; incentivo à criação pelos fornecedores de meios eficientes de controle de qualidade e segurança de produtos e serviços, assim como de mecanismos alternativos de solução de conflitos de consumo; racionalização e melhoria dos serviços públicos.

A Caixa Econômica Federal tem o prazo de 10 (dez) dias para impugnar o auto.

Jornal Midiamax