Cotidiano / Consumidor

Dia dos Pais dribla ‘crise’ e consumidores lotam centro da Capital

Trânsito ficou engarrafado por causa da movimentação

Midiamax Publicado em 08/08/2015, às 18h22

None
editada5.jpg

Trânsito ficou engarrafado por causa da movimentação

A movimentação do centro de Campo Grande às vésperas do Dia dos Pais mostrou que temida crise financeira pode não ter impactado tanto os consumidores da cidade, ao contrário do que dizem por aí. Na manhã deste sábado o cenário na Rua 14 de Julho, por exemplo, era de trânsito engarrafado,lojas lotadas, pessoas com sacolas nas mãos enquanto outras seguiam em busca de presentes.

Pesquisa da Fecomércio-MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) adiantou que este ano o faturamento do comércio neste Dia dos Pais poderia ser maior, pois, diferente de 2014, aonde 75% pretendiam presentear , este ano 83% dos entrevistados declararam que iriam às compras. A expectativa é que sejam injetados no comércio campo-grandense algo em torno de R$ 44.655 milhões, um aumento de R$ 3.245 milhões em comparação ao mesmo período do ano passado.

Gerente de uma loja de roupas, Gleici Santos, inclusive, brinca com a crise financeira. Com a loja cheia de clientes, ela registrou nos últimos dias um acréscimo de 50% no número de vendas. A vitrine cheia de panfletos com valores promocionais de peças para o Dia dos Pais atrai a clientela e a gerente comemora o bom resultado.

“Todo mundo fala da tal da crise, mas aqui ocorre o contrário. O movimento aumentou, inclusive hoje, por causa do Dia dos Pais”, comentou.

A costureira Márcia Medina reservou o sábado para, junto do marido, comprar um presente para ele. “Escolhemos o sapato, pois ele usa bastante e sempre precisa renovar”, observou. Feliz mesmo está o Valdecir Francisco. Pai de quatro filhos ele foi em busca de um presente para dar ao filho, que também já pai. No entanto, revela que ganhar quatro presentes neste domingo “é felicidade”.

“Pode ser camisa, sapato, o que for. Estarei feliz , graças a Deus”. A Fecomércio espera que, ao todo, as vendas para o Dia dos Pais em Mato Grosso do Sul movimentará aproximadamente R$ 162.973 milhões.

A ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) destacou que este ano os empresários apostaram mais em promoções, além de terem facilitado as condições de pagamento. Tais estratégias colaboraram para o aumento das vendas e podem causar reflexos positivos no balanço final da movimentação do Dia dos Pais.

Jornal Midiamax