Cotidiano / Consumidor

Lojistas investem em descontos e clientes aproveitam promoções

Na despedida de 2014 consumidores aproveitam promoções para ir às compras

Midiamax Publicado em 31/12/2014, às 18h03

None
_mg_7611.jpg

Na despedida de 2014 consumidores aproveitam promoções para ir às compras

Os lojistas do centro de Campo Grande foram unânimes em optar por promoções para atrair a clientela. Nesta quarta-feira (31), a poucas horas da virada de ano, consumidores de olho nos descontos aproveitaram para realizar as últimas compras antes de entrar em 2015.

Jane Patrícia, responsável por uma loja de confecções, afirmou que depois do Natal os preços baixaram e as vendas aumentaram.  “Estamos investindo em promoções e descontos. Demos 40% nas peças brancas que são as mais procuradas para o Réveillon e já estamos estudando a maneira de chamar atenção dos clientes em janeiro”, declarou.

A conferente Ariana Santos de Oliveira, de 27 anos, disse que esperou para fazer as compras porque já esperava pelas promoções. “Eu já sabia que os preços iriam cair depois que passasse o Natal e aproveitei para comprar agora”, afirmou.

A auxiliar de escritório Tatiana Barreto, de 20 anos, disse que já estava de olho nas vitrines e sentiu a diferença dos preços. “Estava namorando um vestido. Antes do Natal ele estava bem mais caro, agora já posso pensar em comprá-lo, mas ainda prefiro pesquisar mais”, ressaltou.

Além do valor mais acessível, alguns lojistas optaram por preço único para atrair os clientes. Segundo a gerente Kátia Arruda, de 30 anos, essa é uma estratégia que tem dado certo. “Dessa maneira as vendas são tão boas quanto no Natal porque as pessoas já entram na loja para comprar”, explicou.

A vendedora Kamila de Oliveira Brandão, de 18 anos, disse que com tantas promoções e descontos, os clientes acabam se rendendo às compras. “Eles animam  e já entram na loja para comprar. Fica mais fácil vender”, destacou.

Quem quiser aproveitar para ir às compras no centro, deve se apressar. Nesta quarta-feira as lojas fecham às 16 horas. Na quinta-feira (1) é feriado e o comércio não deve funcionar. As lojas voltam a abrir na próxima sexta-feira (2) em horário comercial.

Jornal Midiamax