Cotidiano / Consumidor

Procon alerta consumidor na hora de comprar com cartão

Uma recente fiscalização nos postos de combustíveis levou a Superintendência para Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MS) a alertar a população para as irregularidades na hora de efetuar os pagamentos com cartões de debito ou credito. Parte dos estabelecimentos alteram os valores no pagamento entre cartões e dinheiro. O preço cobrado para pagamento em espécie […]

Arquivo Publicado em 19/06/2011, às 15h35

None

Uma recente fiscalização nos postos de combustíveis levou a Superintendência para Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MS) a alertar a população para as irregularidades na hora de efetuar os pagamentos com cartões de debito ou credito. Parte dos estabelecimentos alteram os valores no pagamento entre cartões e dinheiro.

O preço cobrado para pagamento em espécie ou a cartão deve ser o mesmo. O Procon/MS reforça que o consumidor deve denunciar os estabelecimentos que praticam preços diferenciados para pagamento com cartões.

De acordo com Alexandre Resende, coordenador do Procon, foram averiguados três postos de gasolina e todos eles foram autuados pelo não cumprimento em aceitar como forma de pagamento a vista os cartões de credito: “Eles apenas aceitam pagamento efetuado em cartão de credito se o cliente comprar álcool” afirmou Rezende. O superintendente explica que o estabelecimento não pode se negar a aceitar e que deve cobrar o mesmo preço à vista.

Além disso, o consumidor tem que estar atento com outro ponto, a estipulação de valor mínimo na hora do pagamento com cartão de crédito ou debito. O estabelecimento que aceitar a forma de pagamento não pode estipular valor mínimo para a compra. Resende afirma que o consumidor tem o direito de pagar com o cartão qualquer compra efetuada, independente do preço da mercadoria.

Jornal Midiamax