Porto Murtinho, a 438 km de Campo Grande, registrou a terceira menor umidade relativa do ar do Brasil na última quarta-feira (12), comparável ao nível de deserto.

Conforme levantamento do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a cidade sul-mato-grossense marcou 15% de umidade do ar, ficando atrás apenas de Barretos (SP) com 14% e de João Pinheiro (MG) com 15%. Amambai, município a 351 de Campo Grande, ficou na décima colocação, com 20%.

O ideal previsto pela OMS (Organização Mundial de Saúde) é uma umidade relativa do ar a partir de 60%. 

Vale lembrar que Mato Grosso do Sul está sob aviso meteorológico do Inmet para baixa umidade do ar até o início da noite desta quinta-feira (13) e para onda de calor até o fim de sexta-feira (14).  A onda de calor com 5ºC acima da média representa risco à saúde. A umidade relativa do ar deve variar entre 20% a 30%

A recomendação é que as pessoas bebam bastante líquido e evitem exposição ao sol nos horários mais quentes do dia. 

Avisos meteorológicos “cobrem” MS. (Fonte: Inmet)

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. Acima de tudo, com sigilo garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok.