Um levantamento feito pela supervisão técnica da (Secretaria Municipal de ) indica que 100% dos 34 mil alunos das 85 unidades (Escolas e Centros de Educação Infantil) estão em sala de aula normalmente nesta quinta-feira (25). A informação é da prefeitura de e contrapõe Simted (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Dourados).

Ainda segundo a administração municipal, O sindicato também tenta sustentar a narrativa de que a aprovação do Projeto de Lei, de autoria do Executivo, na última segunda-feira (22) “destruiu” o PCCR (Plano de Cargos Carreiras e Remuneração) dos professores de Dourados.

A prefeitura ressalta que a aprovação dos vereadores reconheceu e valorizou duas classes de professores, os Normalistas e Leigos, que não têm formação superior. “A partir da aprovação e com deste ano, esses profissionais também terão os salários enquadrados dentro do Piso Nacional da Categoria”, diz uma nota da assessoria de comunicação.

 “Ao contrário do que prega o Sindicato, temos o maior respeito e reconhecimento pelos professores. Sabemos da importância de cada um dos profissionais da Reme e vamos continuar o processo de valorização da categoria dentro da capacidade de pagamento da prefeitura e da responsabilidade fiscal”, explica o prefeito Alan Guedes (PP).

Temos muito para avançar ainda e vamos avançar. O que não podemos tolerar é a irresponsabilidade de alguns agentes sindicais que tem outros interesses, que não a Educação em Dourados”, disse o prefeito Alan Guedes.

“Enquanto o Simted reclama, boa parte dos professores da Reme (Rede Municipal de Ensino) reconhece que as remunerações tiveram um avanço considerável nos últimos dois anos. Em 2022, os profissionais tiveram 18,89% de reajuste. Somados aos 6% deste ano, o incremento salarial chega a quase 25% nesse período”, diz a prefeitura