Com objetivo de obter a certificação para ensinos fundamental e médio, mais de um milhão de participantes de todo o Brasil realizam a prova do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos), neste domingo (27).

Os portões de acesso aos locais de exame foram fechados às 8h45 (horário de Brasília). No total, 1.104.146 participantes estão inscritos no exame, sendo que 193.572 buscam a certificação para o ensino fundamental e 910.574 para o ensino médio.

Entre os inscritos, as mulheres são maioria, com 613.097 participantes. Já o público masculino conta com 491.049 inscritos.

Durante o período da manhã, os participantes tiveram quatro horas para realizar as provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha.

Candidatos que buscam a certificação no ensino fundamental foram avaliados em ciências naturais e matemática. Para o ensino médio, foram analisados conhecimentos em ciências da natureza e suas tecnologias, além de matemática e suas tecnologias.

À tarde, a prova teve duração de cinco horas. Conforme a Agência Brasil, os participantes que buscam a certificação no ensino fundamental irão realizar as provas de língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física, redação, história e geografia.

Para a certificação no ensino médio, as provas abrangeram linguagens, códigos e suas tecnologias, além de redação, e ciências humanas e suas tecnologias.

Encceja

O Encceja, criado em 2002, é realizado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) em colaboração com as secretarias estaduais e municipais de Educação, visando aferir competências, habilidades e saberes de jovens e adultos que não concluíram o ensino fundamental ou médio na idade adequada.

A emissão do certificado e da declaração de proficiência é responsabilidade das secretarias de Educação e dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia que firmam Termo de Adesão ao Encceja.