VÍDEO: Após incêndio de 4 horas, fumaça toma conta de bairro em Campo Grande

Vento impediu para que fumaça não invadisse as casas na região
| 23/05/2022
- 16:58
VÍDEO: Após incêndio de 4 horas, fumaça toma conta de bairro em Campo Grande
Foto: Fala Povo, Midiamax

O incêndio em um terreno baldio na Avenida Conde de Boa Vista, no Bairro São Conrado, deixou os moradores em alerta nesta segunda-feira (23), em Campo Grande. As chamas foram contidas após 4 horas e fumaça ainda predomina na região.

Conforme um morador da região, graças a direção do vento a fumaça não prejudicou o trabalho em uma obra. “O vento estava no sentido contrário, por isso não atrapalhou”, disse.

Com dois filhos com bronquite asmática em casa. Miriele dos Santos, de 22 anos, temeu ter que levar as duas crianças para o pronto-socorro devido à fumaça. “Se o vento virasse, eu ia ter que levar meus filhos para atendimento”, comentou. Uma garrafa chegou a explodir e atingir o telhado da casa dela.

Outra moradora relatou que ficou preocupada com a do pai, um idoso. “Quando eu sai para ver me assustei. O vento estava indo para o outro lado, mas incomoda a fuligem”, disse.

Os bombeiros foram acionados para conter as chamas que se alastravam no terreno e outra equipe precisou ser acionada.

Prevenções com o seco

Em épocas de ar seco, recomenda-se que a população coloque recipientes com águas nos cômodos, principalmente em dormitórios. Durante o dia manter a casa bem arejada, separar animais da casa, consumir alimentos naturais com poucos condimentos, beber bastante água e evitar prática de esportes ao ar livre.

Além disso, a população pode tomar alguns cuidados, para evitar que mais casos de incêndios sejam registrados na cidade. Um deles seria evitar jogar bitucas de cigarro acesas em beiras de rodovias, que é uma das maiores causas de incêndios no País.

Outra dica importante é que os proprietários de terrenos sem construções devem mantê-los com o mato capinado, limpos de entulhos e fazerem um aceiro, que consiste em capinar próximo das cercas de sítios, chácaras ou mesmo residências. Essa técnica, apesar de rudimentar, funciona muito bem, principalmente quando é usada preventivamente no entorno da propriedade.

Veja também

A PMA (Polícia Militar Ambiental de São Gabriel do Oeste captura serpente em ferro velho...

Últimas notícias