UFMS fica entre as 50 melhores instituições do Brasil, segundo ranking internacional

Das 197 universidades avaliadas na América Latina, a UFMS aparece entre as 100 melhores
| 14/07/2022
- 16:08
ufms
Ilustrativa (Foto: Divulgação / UFMS)

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) apareceu entre as 50 melhores instituições de ensino superior do Brasil, conforme publicação da britânica Times Higher Education, desta quinta-feira (14).

O ranking avaliou o desempenho de 197 universidades em 13 países da América Latina. Dentre as instituições do Brasil, a UFMS aparece na 44º colocação. Ao todo, 72 brasileiras integraram a lista. A publicação analisa cinco áreas: ensino, pesquisa, impacto de citação, panorama internacional e da indústria.

No ranking geral, a Federal aparece na 98º posição e esta é a terceira vez consecutiva que a instituição fica entre as melhores da América Latina. O resultado é baseado nos dados coletados do World University Rankings, que trouxe indicadores referentes ao ano de 2021. Já entre as universidades federais, a Instituição está na 30ª posição, entre as 40 avaliadas.

Pelo 6º ano consecutivo, a USP (Universidade de São Paulo) ficou em 2º lugar no ranking, atrás da Pontifícia Universidade Católica do Chile. A lista completa pode ser conferida neste link. A UFMS é a única do Estado a aparecer na publicação.

Dentre as 10 instituições de ensino com melhor avaliação, sete são do Brasil. Além disso, o é o que mais aparece no ranking, com 76 universidades. Em 2º está o Chile, com 30, depois a Colômbia (29) e México (26).

UFMS se pronuncia

Com o resultado, a UFMS se pronunciou sobre a lista divulgada. "Estes resultados refletem o trabalho árduo e constante na busca pela excelência da equipe de gestão, e na dedicação de todo o time de servidores", disse a diretora de Avaliação Institucional, Caroline Pauletto Spanhol Finocchio.

"Sinto-me orgulhosa em pertencer e contribuir com uma universidade que zela pela qualidade do ensino, da pesquisa, da extensão, do empreendedorismo e da inovação", finaliza.

Veja também

Crânio e ossos humanos estavam ao lado de uma Escola Municipal

Últimas notícias