Sistema fora do ar complica atendimento da oncologia na Santa Casa de Campo Grande

Com dados do SUS, Central de Regulação não consegue agendar atendimentos oncológicos
| 09/02/2022
- 16:05
Sistema fora do ar complica atendimento da oncologia na Santa Casa de Campo Grande
(Foto: Divulgação/Santa Casa de Campo Grande)

Pacientes que realizam tratamento oncológico estão enfrentando dificuldades para agendar consultas na Santa Casa de Campo Grande. O sistema da Central de Regulação, do SUS (Sistema Único de Saúde), está fora do ar e já começa a preocupar quem precisa com urgência do serviço.

Flávio Silva, morador do bairro Danúbio Azul, tem câncer de pele, mas percebeu um novo nódulo no rosto. Para conseguir uma dispensa e seguir com o tratamento precisa da consulta, mas desde quarta-feira (8), não consegue retorno.

“Na última vez ficou 11 dias fora do ar (sistema). Ontem tentei agendar, mas lembrei disso e liguei no posto, e estava fora, não tem nem previsão de atender o público. Estou com medo de ficar sem tratamento por muito tempo. A equipe médica é maravilhosa, não tenho do que me queixar, mas não dá para depender desse ‘sistema do Paraguai’ (crítica as constantes instabilidades no sistema) que o SUS, o Ministério da Saúde, tem usado. Sempre fora do ar, prejudicando a gente”, questiona.

Muitos pacientes acabam viajando do interior de e acabam sendo surpreendidos com a suspensão da rede. “Quem tem consulta consegue, mas quem precisa agendar não”.

Vale lembrar que o sistema de Regulação é administrado pela (Secretaria Municipal de Saúde), com os dados do SUS. A reportagem entrou em contato com a Prefeitura e aguarda um posicionamento.

Veja também

O deputado federal Dagoberto Nogueira (PSDB) informou nas redes sociais em relação ao falecimento de...

Últimas notícias