Santuário Estadual de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro celebra a Vigília Pascal às 19h

No domingo, Arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa, concederá Bênção Apostólica
| 16/04/2022
- 10:08
Santuário
Santuário tem estado lotado em todas as missas. Foto: Leonardo de França

As comemorações, louvores e adorações seguem em ritmo de intensidade no Santuário Estadual de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Hoje à noite, a partir das 19h, o Santuário celebra a Vigília Pascal — a principal celebração do Ano Litúrgico, na qual a partir da Celebração da Luz, das liturgias da Palavra, do Batismo e da Eucaristia, faz-se memória solene da Ressurreição do Redentor.

A vigília também será marcada pela recepção dos sacramentos da Iniciação Cristã pelos adultos catecúmenos e catequizandos: 23 catecúmenos receberão o Batismo, 81 catequizandos receberão a Crisma, e 68 catequizandos comungarão pela primeira vez da Santíssima Eucaristia. Toda a comunidade de fiéis renova as promessas feitas no dia do próprio Batismo, pois acreditam que neste dia foram sepultados com Cristo, para ressurgir numa vida nova.

Santuário terá bênção apostólica com o Arcebispo Dom Dimas Lara Barbosa

A Semana Santa vai se encerrar com o Domingo de Páscoa, dia em que Jesus ressuscitou. De acordo com estudos etimológicos, Páscoa significa "passagem" da morte para a vida e que este ano será enriquecido no Santuário Estadual com a Bênção Apostólica enviada pelo Papa Francisco aos devotos da Padroeira de Mato Grosso do Sul. No domingo (17), haverá a Santa Missa às 7h, 10h, 16h, 18h e 20h. Às 19h, haverá a Cantata de Páscoa.

Perpetuo Socorro f Leonardo de Franca - Santuário Estadual de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro celebra a Vigília Pascal às 19h
Santuário Estadual de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Foto: Leonardo de França/Midiamax

Na Santa Missa das 10h, haverá a Bênção Apostólica com Indulgência Plenária por ocasião do Ano Jubilar do Perpétuo Socorro, que será concedida pelo Arcebispo de Campo Grande, Lara Barbosa. A Bênção foi concedida pelo Papa Francisco por meio de dois decretos, em decorrência da celebração do Ano Jubilar do Perpétuo Socorro que acontece entre os dias 3 de agosto de 2021, dia exato em que a Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi inaugurada e abençoada e 11 de julho de 2022, data que marca os 100 anos da criação das Novenas em honra à Mãe do Perpétuo.

A Bênção Apostólica com Indulgência Plenária é um dom raro, pois até o Papa a concede a toda à Igreja apenas duas vezes ao ano: no Dia do do Senhor e no Domingo de Páscoa. A bênção só pode ser administrada a partir de um Sucessor dos Santos Apóstolos, ou seja, um Bispo. A partir da indulgência Plenária, a Igreja Católica auxilia e motiva o cristão às obras de piedade, penitência e de caridade. Quando concedida, é removida, perante Deus, a pena temporal, devida pelos pecados já perdoados quanto à culpa. Por vontade e decreto do Santo Padre Francisco, a indulgência no Santuário Estadual de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Campo Grande, tem o grau de plenária.

Veja também

Indígenas relatam tensão para seguir tradição de sepultamento

Últimas notícias