Com quase 9 mil multas este mês, alta velocidade e ‘furar’ sinal vermelho lideram infrações em Campo Grande

Dados do Detran-MS apontam principais irregularidades cometidas no trânsito da Capital
| 18/01/2022
- 18:30
Com quase 9 mil multas este mês, alta velocidade e ‘furar’ sinal vermelho lideram infrações em Campo Grande
(Foto: Arquivo Midiamax)

As primeiras semanas de janeiro de 2022 já somam quase 10 mil infrações de trânsito em Campo Grande, conforme levantamento feito pelo (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul). Transitar 20% acima da velocidade permitida lidera infrações nas vias, com 4.413 infrações cometidas por condutores.

Conforme o balanço, as cinco principais infrações são: transitar em velocidade superior à máxima permitida de até 20%; multa, por não identificação do condutor infrator, importa a pessoa jurídica, ou seja, quando o veículo está registrado em nome de empresas, com 1.265; avançar no sinal vermelho, com 907 desobediências; transitar em velocidade superior à máxima de 20% a 50%, 755 descumprimentos; e deixar de usar cinto de segurança, com 604 infrações.

Por conta do mês não ter terminado, ainda não há como comparar o período com os anos anteriores. Nos últimos três anos houve uma redução de multas por transitar acima de 20% da velocidade máxima da via. Em 2021, 193.816 condutores foram autuados, enquanto em 2020 foram 220.819 multas pela infração.

Já por multas destinadas a veículos cadastrados por empresas, o número foi recorde no ano passado, com 53.370 motoristas autuados pela infração. Em 2020, foram apenas 6.449 nas ruas da Capital.

Avançar no sinal vermelho também registrou redução, com 29.979 notificações contra 30.709 infrações feitas em 2021 por fiscalização eletrônica. Dirigir até 50% acima da velocidade permitida da via foi de 42.297, em 2020, para 35.789, no ano seguinte. Dirigir sem o cinto de segurança foi de 17.009 para 18.199.  

Veja também

Apesar do reajuste de 19% no preço do GNV (Gás Natural Veicular) no começo de...

Últimas notícias