Prefeitura divulga lista de moradores beneficiados com regularização fundiária no Moreninha III

Ao todo, 81 famílias iniciam o processo de emissão da certidão de regularização do imóvel
| 27/04/2022
- 09:42
Moreninha regularização fundiária
(Foto: Edemir Rodrigues/ Governo do Estado)

A (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários) publicou nesta quarta-feira (27), no Diogrande, uma lista de beneficiados com a regularização fundiária de imóvel no Núcleo Habitacional Moreninha III, em Campo Grande.

Ao todo, 81 famílias irão iniciar o processo de emissão da certidão de regularização do imóvel, que foi ocupado clandestinamente ou sem autorização do poder público. Segundo o Governo do Estado, o procedimento será feito após 37 anos, com intermédio da Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul). Ainda no ano passado, os moradores foram atendidos para reduzir as irregularidades dos imóveis.

O processo deve regularizar, na modalidade urbana, a autarquia dos documentos imobiliários para aproximadamente 500 famílias, dando segurança e tranquilidade, pois atualmente as famílias possuem somente a posse, e em breve, com a emissão da CRF (Certidão de Regularização Fundiária), os beneficiários serão legítimos proprietários de seus imóveis.

A regularização deve contemplar as quadras da região: 04, 05, 07, 08, 09, 11, 13, 23, 24, 25, 27, 28, 29, 30, 31, 32, 33, 34, 35, 36, 37, 38, 39, 42, 43, 44, 45, 46,47, 48, 49, 50, 51, 52, 53, 54, 55, 57, 58, 59, 60, 61 e 62.

Clique aqui e confira a lista completa.

Regulamentação fundiária  dará início para construção de shopping
Regulamentação fundiária dará início à construção de shopping (Foto: Divulgação)

Regularização

A regularização dos imóveis movimenta para a construção do Shopping Plaza Moreninha, do grupo paulista Ícone Costa Hirota, depende agora apenas da remoção de algumas famílias em ocupação irregular, segundo informou ao Jornal Midiamax, em 2019, o titular da Segov (Secretaria de Governo e Relações Institucionais) Antônio Lacerda.

Segundo o secretário, reunião realizada no último dia 12 de setembro, na Prefeitura, contou com várias pastas da administração municipal, além dos investidores. No encontro, ficou acertado que a construção de uma nova via de acesso às Moreninhas — que era o principal empecilho para o início das obras e que depende da Prefeitura — poderia ser realizada posteriormente.

Na ocupação em questão, havia cerca de 60 famílias, mas a maior parte já foi removida para o Residencial José Maksoud, inaugurado em 2014 na Moreninha IV. Atualmente, estima-se que apenas seis famílias permaneçam no local.

O shopping deve ficar pronto em até 24 meses após o início das obras e deve gerar, após sua construção, mais de 3 mil empregos diretos. O Plaza Moreninha será construído em área de cerca de 73 mil m², na Rua Ipamerim, nas Moreninhas II, ao lado do Banco do Brasil. O projeto apresentado em 2017 prevê 124 lojas, sendo duas âncoras, praça de alimentação, um supermercado e cerca de 770 vagas de estacionamento. O investimento é estimado em cerca de R$ 100 milhões.

Veja também

As vagas podem ser preenchidas de forma online ou presencial

Últimas notícias