Com pichações e descarte de lixo no Centro, prefeitura alerta para multa de até R$ 10 mil em Campo Grande

No Centro, árvores recém-plantadas precisam dividir espaço com restos de comida e bitucas de cigarro
| 13/04/2022
- 15:26
pichações e descarte
Lixeira após sofrer ação de vândalos na área central de Campo Grande - (Foto: Reprodução/Prefeitura de Campo Grande)

Há pouco reformada, a área central de Campo Grande já sofre com o descarte irregular de lixo, além da ação de vândalos que destroem e picham ruas e comércios. Aqueles que praticam pichações e descarte, caso flagrados ou identificados, podem ser multados em valores acima de R$ 10 mil.

A Rua 14 de Julho é um dos alvos de vândalos. De acordo com a de Campo Grande, lixeiras foram pichadas e totens foram cobertos por cartazes pregados sem autorização. Segundo a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) atos de vandalismo podem levar a multas de R$ 2.727,50 até R$ 10.910,00. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 156.

Outra questão que causa preocupação é o descarte irregular de lixo que, além de prejudicar a paisagem, polui o meio-ambiente e agride a vegetação local. É comum caminhar pelo Centro do município e visualizar árvores dividindo espaço com restos de comida, papéis e bitucas de cigarro. Nas vias, existem lixeiras onde a população pode descartar esses resíduos.

Dados da prefeitura indicam o plantio de cerca de 600 árvores plantadas no quadrilátero que faz parte do Programa Reviva Campo Grande. As espécies são: Aldrago, Araçá, Aroeira Pimenteira e Ipê Branco e, para que as mesmas se desenvolvam, é preciso cuidar.

A requalificação da área central faz parte do Programa Reviva Campo Grande, que possui financiamento do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). A segunda e última etapa dos trabalhos será entregue em agosto.

Veja também

Pesquisa foi realizado em 20 postos de combustíveis em Campo Grande

Últimas notícias