Municípios de MS registram menores umidades relativas do ar do Brasil

Abaixo do recomendável para saúde, cidades tiveram variação de 15% na umidade do ar
| 23/05/2022
- 08:03
Municípios de MS registram menores umidades relativas do ar do Brasil
(Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

Municípios de registram, nas últimas 24 horas, baixa umidade relativa do ar, considerado abaixo do recomendável e alerta para saúde. Segundo o monitoramento do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), as cidades tiveram variação de 15 a 17%, sendo uma das menores do Brasil.

 Das cidades do pais, o Estado vizinho, Mato Grosso, tiveram oito no ranking de menor umidade, seguido de Goiás. Do Estado, Coxim, Sonora e ficaram em alerta. O município de Itatiaia registrou umidade relativa do ar de 10%.

Neste período, a recomendação é ingerir bastante água, evitar esforço físico em horários de mais calor e também não se expor ao sol nos horários de sol alto, entre às 9h às 16h.

Umidade relativa do ar Inmet

Veja também

Tamanduá de grande porte estava em uma área de vegetação do bairro

Últimas notícias