Maio Amarelo encerra com ação de alerta sobre velocidade e álcool em Campo Grande

Foram registradas, até o momento, 35 mortes no trânsito de Campo Grande em 2022
| 31/05/2022
- 09:58
Maio Amarelo encerra com ação de alerta sobre velocidade e álcool em Campo Grande
Agente da Guarda acompanhando o trânsito durante encerramendo da campanha Maio Amarelo em Campo Grande (Foto: Nathalia Alcânatara/Midiamax)

Foi realizada na manhã desta terça-feira (31), na esquina da Rua 25 de Dezembro com Avenida Afonso Pena, centro de Campo Grande, a ação que marcou o encerramento da campanha Maio Amarelo, de conscientização e prevenção a mortes no trânsito.

Segundo as autoridades presentes, a velocidade continua sendo o maior problema no trânsito de Campo Grande, principalmente quando associada ao consumo de bebida alcoólica, que é apontado como o segundo maior problema na Capital.

"Campo Grande é uma cidade planejada, com vias largas, plana, pouco trânsito, isso, de alguma forma, incentiva algumas pessoas a correrem mais. É por isso que vemos muitas vezes carros capotando sozinhos", observa Janine de Lima Bruno, diretor-presidente da Agentran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), que ainda alertou para outros problemas crônicos como falta de habilitação e uso do celular enquanto se dirige.

maio amarelo janine - Maio Amarelo encerra com ação de alerta sobre velocidade e álcool em Campo Grande
Janine aponta velocidade como maior problema no trânsito de Campo Grande (Foto: Nathalia Alcântara)

Essa percepção é confirmada pela gerente de educação no trânsito da Agetran, Ivanise Rotta. Para ela, a velocidade tem sido o maior desafio das autoridades de trânsito em Campo Grande. "Por isso a importância do Maio Amarelo, da educação, porque só educando vamos conseguir mudar o comportamento das pessoas no trânsito. A fiscalização e punição são muito importantes, mas nunca podemos esquecer da educação e prevenção", enfatiza.

Até o momento, segundo o GGIT (Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito), foram registradas 35 mortes no trânsito de Campo Grande em 2022. O presidente do GGIT, tenente-coronel Elcio Almeida do Bptran (Batalhão de Trânsito da ), diz que os principais horários de acidente são os de pico. "De manhã, entre 6h e 7h, na hora do almoço em número menor e no fim de tarde entre 18h e 20h são os horários que registramos mais acidentem aqui em Campo Grande".

maio amarelo caneta - Maio Amarelo encerra com ação de alerta sobre velocidade e álcool em Campo Grande
Caneta distribuída durante encerramento da Campanha Maio Amarelo (Foto: Nathalia Alcântara/Midiamax)

Ao todo 2.711 pessoas participaram das ações do Maio Amarelo em Campo Grande. Estavam presentes do encerramento representantes da PRF (Polícia Rodoviária Federal), Samu, (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul), motoristas de aplicativo, Polícia Militar e Guarda Municipal.

Agentes de trânsito vão continuar no local entregando copos, canetas e fitas em alusão à campanha Maio Amarelo.

Veja também

O MPF (Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul) divulgou neste domingo (26), despacho...

Últimas notícias