Oito cidades de Mato Grosso do Sul estão na lista das mais secas do Brasil. O ranking nacional mostra as regiões que mais registraram baixo índice de umidade do ar na quarta-feira (2), de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

De acordo com a lista, das 19 cidades brasileiras, Amambai está em 2º em menor umidade, com variação de 15%; as cidades de Aquidauana e Sete Quedas registraram 19%; Corumbá e Miranda, 20%; Maracaju registrou 21%; Ponta Porã, 22%; e em último o distrito pantaneiro Nhumirim com 23%.

Já a análise do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), derruba ainda mais os valores de Amambai para 15% em umidade relativa do ar. Outros municípios também registraram índices preocupantes para saúde, como Dourados (27%), Caarapó (28%), Sidrolândia (32%) e Campo Grande (38%).

Inmet

Frente fria

Uma massa de ar frio atua junto com uma massa de ar seco em Mato Grosso do Sul. A previsão mantém o alerta de declínio na temperatura para sexta-feira (4). Com isso, há leve risco à saúde. As temperaturas ficam cerca de 5°C abaixo da média.

A recomendação é ingerir bastante líquido, evitar esforço físico e umidificar o ambiente.