A placa de exclusividade de estacionado e parada em frente à Escola Municipal Desembargador Carlos Garcia Queiroz, no bairro Zé Pereira, em Campo Grande, foi novamente instalada pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) após ato de vandalismo.

A acessibilidade foi devolvida horas após a reclamação ao Jornal Midiamax de uma mãe, de 57 anos, que leva diariamente o filho com paralisia cerebral e autismo. O estudante é cadeirante, a dona de casa havia reforçado que lutou por cinco anos para a instalação da exclusividade.

“Pedi para milhares de autoridades, não colocaram, até que um atendeu nosso pedido. É difícil estacionar com cadeirante na escola, o povo não respeita”, lamentou na data.

A equipe municipal realizou a manutenção ainda na tarde de quarta-feira (23). “A Agetran informa que para reclamações, sugestões, solicitação de reforma ou manutenção, ligar no 156 e oficializar a denúncia”, pontua.

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. Acima de tudo, com sigilo garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok.