Funcionários de rede que fechou 10 lojas em MS recebem nova proposta de acerto e marcam assembleia

Empresa fechou as portas nesta semana e colaboradores aguardam negociação
| 16/07/2022
- 09:04
loja eletrosom
Loja fechada na Rua 14 de Julho (Foto: Karina Campos/Midiamax)

Aguardando o fim do vínculo de trabalho com a loja de departamento Eletrosom, que encerrou as atividades em Mato Grosso do Sul, os funcionários da unidade de Costa Rica, a 327 quilômetros de Campo Grande, receberam uma nova proposta do acerto, sendo uma entrada e o pagamento do saldo remanescente em 15 parcelas, que seria pago após 30 dias da entrada.

Ainda na proposta homologada, a empresa ressalta que na composição das verbas rescisórias já estão inclusas o aviso prévio indenizado, vencidas e proporcionais, 13º salário, saldo de horas extras, saldo salário, possíveis estabilidades e multa de 40% do FGTS.

O Fetracom (Federação dos Trabalhadores no e Serviços de Mato Grosso do Sul) marcou uma reunião on-line com os funcionários, às 14h, para discutir a negociação. A empresa aguardará retorno dos ex-colaboradores até a próxima segunda-feira (18).

Funcionários negaram proposta inicial

Ao todo são 80 demissões das lojas, inicialmente, recusaram a proposta de R$ 800 de rescisão parcelado em 10 vezes. Na segunda-feira (11) as empresas amanheceram fechadas e com o seguinte comunicado na porta: “Informamos a todos que estamos encerrando nossas atividades nesta cidade. Agradecemos pela parceria e confiança durante todos esses anos.

Carnês de compras poderão ser pagos através de casas lotéricas ou rede bancária. Dúvidas e reclamações, gentileza entrar em contato nos telefones: Refrente a vício de produto 08002852112. Refrente a Boleto 08002831121 ou pelo whastsapp (63)984544341. Segunda à Sextga de 8h às 18h, aos sábados das 8h às 12h”.

Veja também

Vários semáforos foram trocados na via, mas alguns não foram ativados ainda

Últimas notícias