Polícia identifica e faz buscas para prender homem que matou onça-pintada no Pantanal

Equipes de MS e MT estão empenhadas na operação
| 02/04/2022
- 13:45
Polícia identifica e faz buscas para prender homem que matou onça-pintada no Pantanal

A Polícia da cidade de Poconé, no Mato Grosso, estado vizinhos de Mato Grosso do Sul, montou uma força-tarefa para prisão do suspeito, que já foi identificado, por matar uma onça no Pantanal. Imagens do crime foram estão sendo divulgadas nas redes sociais, desde sexta-feira (1°), onde é possível ver a marca do tiro na cabeça do animal.

Ao TV Várzea Grande, o delegado da do município, Maurício Maciel, informou que o mandado de prisão preventiva já foi decretado. Reunindo equipes da Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental e PC, a casa e a propriedade rural do fazendeiro foram vistoriadas. O suspeito e vestígios do animal não foram encontrados, entretanto, uma espingarda calibre 22 e matérias de casa foram apreendidos.

Na fazenda conhecidos do suspeito informaram à polícia que não tinham notícias dele desde às 17h de sexta-feira. “Confirmamos a identidade do indivíduo, sendo uma pessoa conhecida em Poconé, iniciamos as diligências, fizemos a abertura do inquérito policial. A equipe está realizando buscas incansáveis. Ele tem conhecimento do mandado de prisão, portanto é estyá foragido. [O crime] gerou comoção em toda população pela conduta visível nos vídeos”, disse o delegado.  

O fazendeiro responderá por quatro crimes: matar animal silvestre, portar em depósito materiais de caça, porte e posse de arma de fogo.

ona prisao pantanal 1 - Polícia identifica e faz buscas para prender homem que matou onça-pintada no Pantanal
Arma e equipamentos de caça foram apreendidos. (Foto: Divulgação)

Crime

Nas imagens, um homem exibe e brinca com um macho de -pintada morto a tiros. A cabeça do animal aparece com um furo enorme provocado pelo disparo.

O vídeo foi compartilhado pelo próprio assassino em suas redes sociais. Na legenda, ele escreveu: “Essa aí matei domingo passado, lá pertinho de casa. A filada p*ta já tinha comido 15 bezerros”, mostrando a onça na carroceria de uma camionete.

“Aqui não tem papai, não tem mamãe, você tem umas partes… você não vale b*sta nenhuma, sua filha da p*ta”. Se eu fosse fêmea, ia dar uma encoxada em você, sua sem vergonha, não vale nada. Aí, viu? Assim que homem faz. Obrigado, obrigado!”, declarou o assassino.

Como denunciar?

A Polícia de Poconé divulgou o número (65) 9971-1770, telefone funcional da delegacia, ou (65) 99619-2442, da PMA, para fazer denuncias quanto ao crime, que podem ser feitas de forma anônima.

Veja também

As vagas podem ser preenchidas de forma online ou presencial

Últimas notícias