Um fazendeiro de 62 anos foi multado em R$ 2 mil por incendiar vegetação em área de regeneração e sem autorização necessária. Policiais Militares Ambientais de Costa Rica fiscalizavam a região durante operação Prolepse quando receberam denúncia de incêndio.

Segundo as informações da PMA, a equipe constatou que uma área de 1,5 hectare de vegetação remanescente em meio a área de pastagem havia sido queimada ilegalmente. O proprietário da fazenda afirmou não ter autorização ambiental para queima.

Ele foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 2 mil pela infração ambiental cometida. Ele também poderá responder por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental, com pena de um a seis meses de detenção.