Estudantes reivindicam manutenção do curso de Licenciatura Indígena

| 09/04/2022
- 00:48
Estudantes reivindicam manutenção do curso de Licenciatura Indígena
Oito representantes dos estudantes foram recebidos pelo reitor (Foto: divulgação)

Estudantes do curso de Licenciatura Intercultural Indígena – Teko Arandu fizeram uma manifestação em frente à Reitoria da (Universidade Federal da Grande Dourados) na manhã desta sexta-feira (08).
Os acadêmicos reivindicaram recursos para a próxima etapa presencial do seu curso, que acontece no próximo semestre. Eles também solicitaram o aumento do número de bolsas ofertadas pelo pelo programa Bolsa Permanência e a construção de uma Casa de Alternância.

Oito representantes dos estudantes foram recebidos pelo reitor pro tempore, professor Lino Sanabria. Fábio Turibo, que vem de Caarapó para estudar na UFGD, apresentou as demandas dos alunos, que se mostraram preocupados com a possibilidade de não ter aulas no próximo semestre, por falta de recursos.

O reitor informou que esteve em Brasília em 28 de março, em agenda no Ministério da Educação, para solicitar recursos para os cursos de Licenciatura do Campo e Licenciatura Intercultural Indígena, ambos da Faculdade Intercultural Indígena (FAIND/UFGD). O reitor foi informado que não há possibilidade de financiamento para estes cursos nos moldes em que são ofertados. Há apenas a possibilidade de o MEC financiar mais uma turma da Licenciatura indigena, por meio de um edital semelhante ao que possibilitou a criação do curso. No entanto, para o curso de Licenciatura do Campo não há previsão de nenhum projeto ou recurso.

Veja também

Diversas outras apostas conseguiram faturar prêmios menores

Últimas notícias