Perigo nas estradas: dois animais são atropelados em menos de 24h em rodovias de MS

Os atropelamentos ocorreram em rodovias da cidade de Bonito e Naviraí
| 05/04/2022
- 16:02
Perigo nas estradas: dois animais são atropelados em menos de 24h em rodovias de MS
Divulgação/PMA

Dois animais foram atropelados em menos de 24h em rodovias do Mato Grosso do Sul, nesta terça (5). O primeiro caso foi um veado na rodovia MS-178 em , a 297,4 km de Campo Grande, na manhã desta terça-feira (5). A segunda ocorrência se trata de um jabuti atropelado na rodovia MS 489, em Naviraí, a 380,7 km da Capital, também na manhã desta terça-feira (5). Além dos atropelamentos, são 5 casos de animais feridos em 24h.

Em relação ao primeiro caso, a PMA (Polícia Militar Ambiental) foi acionada por usuários da rodovia, que informaram que o animal estava à margem da via e apresentava ferimentos. O animal resgatado é uma fêmea adulta, com ferimentos na cabeça, mas não se encontra em estado grave de .

Após o resgate, o animal foi encaminhado para tratamento veterinário no Áquario do Pantanal em Bonito e ainda se encontra sob cuidados médicos. Assim que sua saúde estiver estabilizada, o veado será encaminhado ao CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), em Campo Grande. No entanto, se o laudo veterinário permitir a reintrodução do animal, a PMA o soltará em habitat natural da região.

O resgate do segundo atropelamento, um jabuti da espécie Chelonoidis carbonaria ferido foi realizado pela PMA de Naviraí. O animal foi encontrado com o casco dilacerado e sangrando.

Animais feridos

Além do atropelamento do veado e do jabuti, outros três animais foram feridos em Mato Grosso do Sul, de ontem para hoje (5).

Um tucano da espécie Ramphastos toco caiu no pátio do CAPs (Centro de Atenção Psicossocial) de Bela Vista, a 121,8 km de Campo Grande, e foi resgatado pela PMA da cidade com ferimentos na asa.

Outra ave da mesma espécie Ramphastos toco foi capturado na segunda-feira (4) no pátio de uma agência dos correios, em Dourados, a 229,6 km de Campo Grande.

Na tarde da última segunda-feira (4), um macaco-prego da espécie Sapajus apella, foi encontrado doente e com ferimento em Campo Grande, no bairro Maria Aparecida Pedrossian.

Veja também

Últimas notícias