Desafio Estadual das Merendeiras tem profissionais de 21 municípios de MS

De acordo com o portal da Prefeitura de Corumbá, mais de 500 merendeiras foram inscritas pelas prefeituras municipais para competirem no evento
| 05/02/2022
- 19:33
O desafio busca valorizar o talento e a criatividade das merendeiras e promover a adoção de receitas mais saudáveis com uso de produtos da agricultura familiar.
O desafio busca valorizar o talento e a criatividade das merendeiras e promover a adoção de receitas mais saudáveis com uso de produtos da agricultura familiar. - Reprodução/Sebrae Amapá

O 1º Desafio Estadual das Merendeiras conta com a participação de profissionais de 21 municípios de Mato Grosso do Sul. De acordo com o portal da Prefeitura de Corumbá, mais de 500 merendeiras foram inscritas pelas prefeituras municipais para competirem no evento promovido pelo e seu programa Cidade Empreendedora. 

O desafio busca valorizar o talento e a criatividade das merendeiras em seu trabalho diário de preparo das refeições dos estudantes nas escolas municipais, bem com promover a adoção de receitas mais saudáveis com uso de produtos da agricultura familiar. A disputa será dividida em duas etapas: uma municipal e outra estadual.

A primeira etapa inicia este mês e será realizada em cada município inscrito: Amambai, Bandeirantes, Camapuã, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Dourados, Inocência, Jaraguari, Jardim, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paraíso das Águas, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Selvíria, Sonora e Terenos.

Conforme informações divulgadas pelo analista técnico do Sebrae/MS e coordenador de Compras Públicas, Marcus Rodrigo de Faria nesta primeira fase municipal, as participantes inscritas de cada cidade disputam entre si. Todas as profissionais passam por uma oficina preparatória ministrada por um chef de cozinha e recebem capacitação acerca de técnicas de manipulação e preparação de alimentos. Após a oficina, cada uma prepara uma e assim, serão selecionadas as 5 melhores. As 5 melhores passarão por outra seleção para que o comitê julgador possa elencar as três melhores. 

Acerca disso, Marcus Rodrigo ainda complementa que as receitas devem ser preparadas com alimentos saudáveis. "Para a criação das receitas, não será permitido o uso de alimentos ultraprocessados, as participantes terão que utilizar a carne bovina ou de frango como proteína principal e incluir, no mínimo, três itens da agricultura familiar previstos no edital. Os critérios foram adotados pois queremos incentivar os municípios a adquirirem os itens dos produtores locais, uma exigência prevista pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), além de estimular a criação de cardápios mais saudáveis a partir de hortaliças, leguminosas e frutas”, destaca.

A segunda fase do desafio é estadual e convoca as ganhadoras da fase municipal para competirem entre si. A competição será realizada em Campo Grande de forma presencial, e irá bonificar as merendeiras que conquistarem o 1º, 2º e 3º lugar. A competição final ocorrerá ainda neste ano, em data a ser definida pela organização.

whatsapp image 2022 01 14 at 10.50.54.1o desafio estadual das merendeiras reune profissionais de 21 municipios cidade empreendedora - Desafio Estadual das Merendeiras tem profissionais de 21 municípios de MS

Veja também

Últimas notícias