Com onda de frio, campanhas de agasalhos se tornam saída para quem mora na rua; saiba onde doar

Campanhas de agasalhos são realizadas por município, governo e instituições
| 19/05/2022
- 13:33
campanhas de agasalhos
Doação de agasalho é ajuda para quem não tem condições de comprar roupa. (Foto: Stephanie Dias / Midiamax)

O frio chegou com tudo em Mato Grosso do Sul. Nesta quarta e quinta-feira, Campo Grande teve mínimas de 4ºC, ganhando o título de capital mais fria do Brasil. As baixas temperaturas devem continuar amenas até o final do mês e as campanhas de agasalhos se tornam saídas para aqueles que não possuem condições financeiras para se aquecerem.

Dados disponibilizados pela SAS (Secretaria de Assistência Social) indicam 94 abordagens realizadas a moradores em situação de vulnerabilidade entre sexta-feira (13) e a madrugada de terça-feira (17), onde ocorreram 23 acolhimentos, 71 recusas e a entrega de 73 cobertores. De janeiro até abril deste ano foram realizados 1.302 acolhimentos.

Com o atual cenário, muitos sentem necessidade de ajudar com doações de agasalhos e cobertores, mas não sabem onde realizar a entrega. Atualmente, diversas campanhas ocorrem na Capital e também no interior.

O município de Campo Grande segue com a 6ª Campanha do Agasalho, que disponibiliza 30 pontos de coletas para que os cidadãos consigam deixar casacos e cobertores. A campanha segue até o dia 31 de julho. Confira os pontos de doação:

  • Fundo de Apoio à Comunidade (FAC) – Av. Fábio Zahran, 6000
  • Instituto Mirim – Avenida Fábio Zahran, 6.000
  • Prefeitura de Campo Grande – Avenida Afonso Pena, 3297
  • Secretarias Municipais: Endereços disponíveis aqui.
  • Shopping Campo Grande – Av. Afonso Pena, 4909 – Santa Fé
  • Pátio Central Shopping – Rua Marechal Rondon, 1380 – Centro (também entrada pela Dom Aquino) – Das 8h às 19h
  • Shopping Bosque dos Ipês – Av. Cônsul Assaf Trad, 4796 – Parque dos Novos Estados
  • Academia Workout365 – Rua Dr. MichelScaff, 185 – Chácara Cachoeira

O Governo Estadual realiza a campanha ‘Aqueça uma Vida’, com expectativa de arrecadar 60 mil peças até a próxima terça-feira (24), quando a campanha é finalizada. As caixas de arrecadação foram colocadas em prédios das secretarias estaduais e as doações podem ser realizadas por servidores e outros cidadãos.

De acordo com a SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização), podem ser doados roupas, sapatos, agasalhos e itens de inverno. Todo o material arrecadado será distribuído para famílias em situação de vulnerabilidade social, por meio de 300 instituições.

O Instituto Socioambiental da Bacia do Alto Paraguai, o SOS Pantanal, lançou a nova campanha de arrecadação de roupas e agasalhos voltados às comunidades indígenas da região pantaneira.

São aceitos agasalhos, cobertores, roupas infantis e adultos, calçados e roupas de cama, que podem ser doados até o dia 30 de junho. Os materiais arrecadados serão distribuídos em comunidades indígenas. Confira os pontos de doação:

  • Lab. Ecologia da Intervenção e Laboratório de Ecologia – UFMS no INBIO: Cidade Universitária, Av. Costa e Silva - Pioneiros, s/nº.
  • Instituto SOS - R. Alberto Neder, 328 – Centro.
  • Restaura - Rua Luís Gama, 121 - Centro

Campanhas de agasalhos no interior

A prefeitura de Dourados lançou a campanha “É tempo de aquecer”. A ação começou com um ponto de arrecadação na 56ª edição da Expoagro, no espaço do Gabinete Itinerante.

Qualquer pessoa poderá doar peças de frio como toucas, luvas, blusas, jaquetas, cachecóis, calças, calçados e cobertores. As peças quentinhas que estão no armário em boas condições e não são mais usadas podem ter um destino feliz e levar conforto para as pessoas que precisam. Quem quiser participar da campanha pode entrar em contato com o WhatsApp (67) 3411-7720.

O Elite Dourados está com a campanha “Elite do Bem” com a arrecadação de mantas, cobertores e edredons. Os donativos poderão ser entregues até sexta-feira (20/5), às 18h, no Elite Dourados: Rua João Rosa Góes, 1760, Vila Progresso.

Até quando o frio continua

Se você gosta de frio, saiba que até o fim do mês as temperaturas estarão amenas, o famoso ‘friozinho’ ao amanhecer, contudo, a partir de quinta-feira (19), a temperatura vai subindo pouco a pouco, principalmente à tarde.

A onda de frio, que atinge Mato Grosso do Sul e estados do Sul e Sudeste do Brasil, é resultado da forte massa de ar de origem polar que entrou no Brasil, causando acentuada queda da temperatura.

Segundo a previsão de tempo, do (Instituto Nacional de Meteorologia) entre quarta-feira (18) e quinta-feira (19), devem ocorrer as menores temperaturas mínimas no Estado, podendo ser as menores temperaturas do ano até o momento. Há possibilidade de ocorrência de geada de fraca a moderada, principalmente no centro-sul do Estado.

A temperatura aumenta, levemente, em Campo Grande nos próximos dias. Na quinta-feira, as temperaturas ficam entre 7°C e 19°C. Na sexta-feira, entre 8°C e 21°C; no sábado, entre 10°C e 23°C; no domingo entre 12°C e 25°C.

Veja também

Com greve de motoristas descartada, ônibus devem circular normalmente nesta quinta

Últimas notícias