Com baixo índice de vacinação em crianças, Corumbá inicia campanha em escolas municipais

| 03/05/2022
- 07:58
vacinação em crianças
Apenas 30% das crianças de 5 a 11 anos se vacinaram contra Covid-19. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Corumbá)

O baixo índice de cobertura de vacinação em Mato Grosso do Sul em crianças determinou reforço nas estratégias de imunização no público-alvo que está com a carteira vacinal desatualizada ou ainda não tomou nenhuma dose contra a Covid-19. Em , a 417 quilômetros de Campo Grande, começa nesta terça-feira (3) a campanha em escolas municipais.

Um levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Educação apontou que das unidades escolares, incluindo os Cemeis (Centros de Educação Infantil), apenas 30% dos alunos na faixa etária de 5 a 11 anos receberam as duas doses do imunizante contra a Covid.

Já com relação aos adolescentes de 12 a 17 anos, a taxa chegou a 85,29%. Em outros imunizantes, a faixa etária recebeu 57,28% de Pentavalente, que previne contra difteria, tétano, coqueluche, meningite por Hib (bactéria Haemophilus influenzae tipo b) e hepatite. O número não saiu da dos 50% para a vacina contra a Poliomielite, que registrou aplicação em 57,51% do grupo que podia ser imunizado em 2021.

“Há vários motivos pelos quais essas crianças estejam sem as doses. Desde o pai não levar ao posto, como também não entenderem essa necessidade”, disse o secretário de saúde municipal, Rogério Leite.

Um modelo de autorização foi enviado aos pais ou responsáveis de cada estudante, informando que equipes estarão nas unidades com disponibilidade para aplicar o imunizante, incluindo doses contra o sarampo, gripe e outras que estejam em atraso na carteirinha de vacinação infantil.

“A logística fica muito mais fácil quando os pais autorizam e a gente leva as equipes para fazer a vacinação. Precisamos ampliar esse público, pois Mato Grosso do Sul e Corumbá estão abaixo da média nacional”, alertou Rogério.

O reforço acontece até a próxima segunda-feira (9), nas escolas da área urbana, rural e de difícil acesso, como nas regiões pantaneiras. A orientação é que os pais preencham corretamente a autorização e, caso algum não tenha recebido ou extraviado o documento, que procure à direção da escola antes da chegada da equipe.

Confira o cronograma da vacinação nas escolas:

Terça-feira (3)

  • Cemei Catarina Anastácio da Cruz – CAIC: 07h30
  • Cemei Maria Candelária Pereira Leite: 07h30
  • EM Carlos Cárcano e extensão: 08h30
  • Cemei Parteira Ana Gonçalves do Nascimento: 13h30
  • Cemei Estrelinha Verde: 13h30

Quarta-feira (4)

  • Cemei Laida Menacho:  07h30
  • Cemei Hélia dos Costa Reis: 07h30
  • EMR Pólo Paiolzinho e extensão: 08h30
  • Cemei Eunice Ajala Rocha: 13h30
  • Cemei ServCarmo (Escola Djalma): 13h30

Quinta-feira (5)

  • EM Ângela Maria Perez: 07h30
  • EM Clío Proença: 07h30
  • EMR Pólo Porto da Manga: 08h30
  • EM Barão do Rio Branco: 13h30
  • EM Cyríaco Félix de Toledo: 13h30

Sexta-feira (6)

  • EM Delcídio do Amaral e extensão: 07h30
  • EM Izabel Côrrea de Oliveira: 07h30
  • EMR Pólo Porto Esperança e extensões: 08h30
  • EM Dr. Cássio Leite de Barros: 13h30
  • EM José de Souza Damy: 13h30

Segunda-feira (9)

  • EM Pedro Paulo de Medeiros: 07h30
  • EM Tilma Fernandes Veiga: 07h30
  • EM Luiz Feitosa Rodrigues: 13h30
  • EM Rachid Bardauil: 13h30

Veja também

Lei federal determina devolução de tributos cobrados a mais dos consumidores

Últimas notícias