Nesta quarta-feira (9), a partir das 19h, o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) fará audiência pública para apresentar estudos de impactos ambientais e sociais da instalação da PCH (Pequena Central Hidrelétrica) do Cervo em Ribas do Rio Pardo. 

No evento, moradores vão conhecer sobre o empreendimento, saber os impactos negativos e positivos, medidas compensatórias e programas ambientais propostos. Após as apresentações e breve intervalo, será aberta a sessão de perguntas previamente cadastradas, que serão respondidas pela empresa. 

A PCH proposta para a região prevê o aproveitamento hidrelétrico no Ribeirão das Botas, afluente do Rio Pardo e bacia do Rio Paraná. A barragem será construída partindo de ambas as margens do rio para formação de um reservatório. A área utilizada será de 4,66 km².

A potência instalada será de 13 MW, com geração de energia média de 8,3 MW médios.

O evento será em formato híbrido, ou seja, presencial e virtual. Quem desejar participar de forma virtual basta entrar no site  www.audienciapublicapch.com.br/pch-cervo e fazer sua inscrição.

A participação presencial será no auditório do Sindicato Rural de Ribas do Rio Pardo, localizado na Rua Carlos Anconi, nº 560  – Centro de Ribas do Rio Pardo.