Ato antibolsonarista reúne manifestantes contra aumento da gasolina em Campo Grande

Segundo os manifestantes, o Brasil está voltando à Idade das Pedras com o aumento do valor da gasolina
| 09/04/2022
- 09:22
Ato antibolsonarista reúne manifestantes contra aumento da gasolina em Campo Grande
Manifestantes se reúnem na Afonso Pena com 14 de Julho (Foto: Marcos Ermínio)

Manifestantes se reúnem na manhã deste sábado (9), em Campo Grande, em um movimento contra o governo de Jair Bolsonaro. Participantes ocupam a Avenida Afonso Pena com a e se mostram contra o aumento da e a falta de empregos no Brasil.

No local, cerca de 12 pessoas reivindicam seus direitos, promovem performances e alegam ser contra o governo atual de Bolsonaro. Movimentos sociais e sindicais, incluindo a CUT (Central Única dos Trabalhadores de MS), também participam.

Segundo os manifestantes, o Brasil está voltando à Idade das Pedras com o aumento do valor da gasolina.

De acordo com Agamenon do Prado, presidente do diretório municipal do PT (Partido dos Trabalhadores), os partidos de oposição do Brasil estão na rua neste momento.

“Estamos aqui devido à carestia ao desemprego, ao aumento da cesta básica e dos derivados de petróleo, o gás e a gasolina. O governo atual não faz investimento para gerar emprego e estamos participando deste ato contra a atual política”, afirma Agamenon à equipe do Jornal Midiamax.

O protesto será realizado até as 11h e segue de forma tranquila na Afonso Pena, acompanhado pela Polícia Militar. Até o momento, reúne 12 participantes. Os organizadores esperam a chegada de 100 pessoas.

Veja também

Preço médio foi estimado em uma pesquisa feita em 20 postos de combustíveis e levou em consideração redução de alíquota de ICMS, de 20% para 17%

Últimas notícias