Atleta de natação que morreu após acidente com táxi em Bonito carregou tocha olímpica em 2016

Ela participou do trajeto no interior de São Paulo
| 13/07/2022
- 15:26
Atleta de natação que morreu após acidente com táxi em Bonito carregou tocha olímpica em 2016
Elza carregou a tocha olímpica na passagem por Jundiaí - Reprodução/Facebook

A atleta de natação Elza Marina Mazzei Adolpho, de 75 anos, vítima de um grave acidente nesta quarta-feira (13) em , a 300 quilômetros de Campo Grande, carregou a tocha olímpica em 2016, em Jundiaí (SP). Elza estava em um táxi, acompanhada da também atleta Elvira Rita Valente de Almeida, também de 75 anos, quando aconteceu o .

Elza carregou a tocha olímpica dos Jogos Rio 2016, na passagem por Jundiaí (SP). Segundo notícia do site da Prefeitura de Jundiaí, além de Elza outras 41 pessoas também foram condutoras da tocha, que percorreu 9.5 quilômetros na cidade. Ainda neste ano de 2022, Elza participou de provas de natação, conforme publicava na rede social.

O acidente que vitimou as atletas nesta quarta-feira teria acontecido quando o taxista tentou ultrapassar outro veículo, mas perdeu o controle da direção ao bater em um buraco na pista. Conforme o site local, Bonito Mais, o acidente aconteceu a aproximadamente 20 quilômetros do aeroporto da cidade.

O táxi ainda atingiu um coqueiro e caiu em uma vala de contenção de águas pluviais, após capotar. O motorista conseguiu sair do veículo e pediu ajuda. Equipes do Corpo de Bombeiros foram ao local e socorreram o homem, que foi levado com vários ferimentos ao hospital da cidade.

Elza e Elvira morreram no local do acidente. O caso é tratado inicialmente pela Polícia Civil como morte a esclarecer.

Veja também

Últimas notícias