Após 23 dias de greve, professores de Dourados voltam às aulas

Retorno das atividades foi decidido em assembleia realizada nesta terça-feira
| 06/04/2022
- 06:17
Após 23 dias de greve, professores de Dourados voltam às aulas
Professores votaram pela suspensão da greve (Foto: Gracindo Ramos)

Acabou a greve de professores da Reme (Rede Municipal de Ensino) de .  O retorno às salas de aulas foi decidido em assembleia da categoria e acontece nesta quarta-feira (6), após 23 dias de paralisação que conseguiu mobilizar os educadores em adesão de praticamente 100%.

A suspensão da greve, que teve início no dia 14 de março, foi deliberada nesta terça-feira (5), apesar do Simted (Sindicato dos Trabalhadores de Educação) de Dourados e da prefeitura municipal não terem feito nenhum acordo.

Entretanto, ficam mantidos os 18% de oferecidos pela administração municipal e que serão pagos mediante parcelamento. A reivindicação da categoria era de 33%, que alega garantias em lei que estabelece o piso nacional.

Segundo informações apuradas pela reportagem do Midiamax, a Procuradoria-Geral do Município entrou novamente na Justiça, que já tinha considerado a greve ilegal, e pediu majoração da multa e estabelecimento de outras medidas para suspender o movimento.

Por outro lado, o Sindicato dos Trabalhadores de Educação protocolou uma nova contraproposta e o departamento jurídico da entidade solicitou a mediação junto ao TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). A categoria também espera que a administração municipal mantenha as negociações.

Até o momento, a prefeitura de Dourados não se manifestou sobre a decisão de suspensão da greve, que foi anunciada pela categoria. Conforme apurado pelo Midiamax, o Executivo deve agendar uma nova reunião de negociações. Todavia, até o momento nenhuma data foi estabelecida.

Veja também

Últimas notícias