Cotidiano

VÍDEO: 'Ponho se eu quiser', diz mulher ao causar confusão por ficar sem máscara em ônibus da Capital

Além de atrasar partida do transporte, mulher xingou o motorista

Fábio Oruê Publicado em 28/04/2021, às 18h48

Mesmo agindo errado, mulher causou confusão em Campo Grande
Mesmo agindo errado, mulher causou confusão em Campo Grande - Foto: Leitor, Jornal Midiamax

Uma mulher não identificada causou confusão em um ônibus da linha 085, que faz o trajeto entre os terminais Morenão e Júlio de Castilho, em Campo Grande. Mesmo sendo obrigatório, ela estava sem máscara, item de proteção essencial durante a pandemia do coronavírus, e se recusou a colocar o EPI (Equipamento de Proteção Individual) quando foi solicitado.

Por conta disso, o motorista do ônibus não deu seguimento à viagem. A regra é que todos os passageiros usem máscaras de proteção dentro do transporte coletivo. Com o EPI na mão, ela se recusava a colocar no rosto. "Não vou 'botar', chama a polícia lá, seu vagabundo", diz ela durante a briga.

Para passar pela catraca, a cidadã entrou no ônibus usando a máscara e só retirou quando chegou nos fundos do veículo, conforme apontou o motorista indignado. 

Além de se recusar a usar o item, a mulher ameaçou os trabalhadores do Consórcio Guaicurus. "Prostituto, vagabundo, vadio, vai trabalhar, 'toca' esse ônibus", disse ela. 

Se não bastasse estar errada, a passageira ainda atrapalhou a trajeto dos demais usuários que seguim as regras de biossegurança. Segundo leitor do Jornal Midiamax que presenciou a cena, após a confusão ela deixou o ônibus 'brava'. 

Confira o vídeo da confusão

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax